A PALAVRA E A TELA: RELAÇÕES ENTRE A LITERATURA E A PINTURA

Resumen


Embasados na abordagem Ut picutura poesise nos autores que a criticaram, mostramos aqui as relações existentes entre alguns poemas de João Cabral e Manoel de Barros3 e a pintura. Tal comparação se prende menos ao assunto do que aos traços estilísticos. Em outras palavras, deslocamo-nos da constatação quase óbvia de que tais poetas se relacionaram com a pintura, já que escreveram poemas que elegem como tema grandes pintores, para nos determos no fato de que eles construirão poemas4 que possuem uma similitude com alguns estilos pictóricos. Os dois poetas, por serem grandes admiradores da pintura, irão, cada um a seu modo, ser influenciados por ela, assimilando estilos do Surrealismo e do Cubismo e levando-os para o seu fazer poético. Para as obras destes dois poetas aqui analisados, é mais verdadeira do que nunca a expressão ut pictura poiesis.
Como citar Barbosa Luiz. 2020. “A PALAVRA E A TELA: RELAÇÕES ENTRE A LITERATURA E A PINTURA”. Revista Laboratorio 7.

  Enviar a Mendeley

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.